LOVE IN PORTOFINO - Italian Classics Vol​.​1

by Marco Missinato

/
1.
I found my love in Portofino Perchè nei sogni credo ancor Lo strano gioco del destino A Portofino m'ha preso il cuor Nel dolce incanto del mattino Il mare ti ha portato a me Socchiudo gli occhi E a me vicino A Portofino Rivedo te Ricordo un angolo di cielo Dove ti stavo ad aspettar Ricordo il volto tanto amato E la tua bocca da baciar I found my love in Portofino Quei baci più non scorderò Non è più triste il mio cammino A Portofino I found my love french: Il y avait à Portofino Un vieux clocher qui s'ennuyait De ne sonner que les matines Quand Portofino Se réveillait Mais après cette nuit divine On l'entendit sonner un jour Même jusqu'aux villes voisines De Portofino Pour notre amour Je vois le marié qui m'emporte Vers le petit chalet de bois Dont il me fait franchir la porte En me portant entre ses bras A chaque fois qu'à Portofino Le vieux clocher sonne là-haut Il chante notre mariage Vers les nuages A Portofino I found my love I found my love Portoghese: I found my love in Portofino  (**) porque nos sonhos acredito ainda. O estranho jogo do destino em Portofino me pegou o coração. No doce encanto da manhã o mar te trousse até mim. Fecho os olhos e perto de mim em Portofino, revejo ti. Lembro um canto do céu onde eu estava a te esperar. Lembro o rosto tão amado e a tua boca para beijar. I found my love in Portofino, aqueles beijos nunca esquecerei. Não é mais triste meu caminho em Portofino I found my love. Lembro um canto do céu onde eu estava a te esperar. Lembro o rosto tão amado e a tua boca para beijar. I found my love in Portofino, aqueles beijos nunca esquecerei. Não, não é mais triste meu caminho em Portofino I found my love.
2.
Mi vuoi lasciare, e tu vuoi fuggire ma sola al buio tu poi mi chiamerai. Ti voglio cullare, cullare, posandoti su un'onda del mare, del mare, legandoti a un granello di sabbia così tu nella nebbia più fuggir non potrai e accanto a me tu resterai, ai ai ai ai. Ti voglio tenere, tenere, legata con un raggio di sole, di sole, così col suo calore la nebbia svanirà e il tuo cuore riscaldarsi potrà e mai più freddo sentirai. Ma tu, tu fuggirai e nella notte ti perderai e sola, sola sola nel buio mi chiamerai. Ti voglio cullare, cullare, posandoti su un onda del mare, del mare, legandoti a un granello di sabbia così tu nella nebbia più fuggir non potrai e accanto a me tu resterai. Ti voglio tenere, tenere, legata con un raggio di sole, di sole, così col suo calore la nebbia svanirà e il tuo cuore riscaldarsi potrà e mai più freddo sentirà. Ma tu, tu fuggirai e nella notte ti perderai e sola, sola sola nel buio mi chiamerai. Ti voglio cullare, cullare, posandoti su un onda del mare, del mare, legandoti a un granello di sabbia così tu nella nebbia più fuggir non potrai e accanto a me tu resterai, ai ai ai ai, ai ai ai ai ai. Portoghese Me queres deixar, e tu queres fugir mas sozinha no escuro depois tu me chamarás. Te quero afagar, afagar, pousando-te sobre uma onda do mar, do mar, amarrando-te a um grãozinho de areia assim tu na neblina fugir mais não poderás e ao meu lado permanecerás, ai ai ai ai Te quero ter , ter, amarrada com um raio de sol, de sol, assim com seu calor a neblina esvairá e o teu coração esquentar-se poderá e nunca mais frio sentirás. Mas tu, tu fugirás e na noite te perderás e sozinha, sozinha sozinha no escuro me chamarás. Te quero afagar, afagar, pousando-te sobre uma onda do mar, do mar, amarrando-te a um grãozinho de areia assim tu na neblina fugir mais não poderás e ao meu lado permanecerás. Te quero ter , ter, unida com um raio de sol, de sol, assim com seu calor a neblina esvairá e o teu coração esquentar-se poderá e nunca mais frio sentirás. Mas tu, tu fugirás e na noite te perderás e sozinha, sozinha sozinha no escuro me chamarás. Te quero afagar, afagar, pousando-te sobre uma onda do mar, do mar, amarrandote-te a um grãozinho de areia assim tu na neblina fugir mais não poderás e ao meu lado permanecerás, ai ai ai ai, ai ai ai ai ai.
3.
Parlami d'amore, Mariù! Tutta la mia vita sei tu! Gli occhi tuoi bella brillano Fiamme di sogno scintillano Dimmi che illusione non e Dimmi che sei tutta per me! Qui sul tuo cuor non soffro più Parlami d'amore, Mariù! Dimmi che illusione nion e Dimmi che sei tutta per me! Qui sul tuo cuor non soffro più Parlami d'amore Parlami d'amore Parlami d'amore, Mariù!" PORTOGHESE Fala-me de amor, Mariù, toda a minha vida és tu. Os olhos teus belos brilham como duas estrelas cintilam. Diz-me que ilusão não é, diz-me que és toda pra mim. Aqui, no teu coração, não sofro mais, fala-me de amor, Mariù.
4.
Na voce, na chitarra e 'o ppoco 'e luna, que ce vuó' cchiù pe' fá na serenata. Pe' suspirá d'ammore, chianu chiano, parole doce pe' na 'nnammurata. Te voglio bene, tantu tantu bene, luntano 'a te nun pòzzo cchiù campá. Na voce, na chitarra e 'o ppoco 'e luna, e comm'è doce chesta serenata. 'A vocca toja s'accosta cchiù vicina e tu t'astrigne a me cchiù appassiunata. Cu na chitarra e nu felillo 'e voce, cu te vicino canto e só' felice. Ammore, nun pòzzo cchiù scurdarme 'e te. Na voce, na chitarra e 'o ppoco 'e luna, que ce vuó' cchiù pe' fá na serenata. Pe' suspirá d'ammore chianu chiano, parole doce pe' na 'nnammurata. Te voglio bene, tantu tantu bene, luntano 'a te nun pòzzo cchiù campá. Na voce, na chitarra e 'o ppoco 'e luna, e comm'è doce chesta serenata. 'A vocca toja s'accosta cchiù vicina e tu t'astrigne a me cchiù appassiunata. Cu na chitarra e nu felillo 'e voce, cu te vicino canto e só' felice. Ammore, nun pòzzo cchiù scurdarme 'e te. Ammore, nun pòzzo cchiù scurdarme 'e te! Portoghese Una voce, una chitarra e un pò di luna, cosa ci vuol più per fare una serenata. Per sospirare d'amore, piano piano, parole dolci ad una innamorata. Ti voglio bene, tanto tanto bene, lontano da te non posso più vivere. Una voce, una chitarra e un pò di luna, e com' è dolce questa serenata. La bocca tua si accosta più vicina e tu ti stringi a me più appassionata. Con una chitarra ed un filino di voce, con te vicino canto e sono felice. Amore, non posso più scordarmi di te. Una voce, una chitarra e un pò di luna, cosa ci vuol più per fare una serenata. Per sospirare d'amore, piano piano, parole dolci ad una innamorata. Ti voglio bene, tanto tanto bene, lontano da te non posso più vivere. Una voce, una chitarra e un pò di luna, e com' è dolce questa serenata. La bocca tua si accosta più vicina e tu ti stringi a me più appassionata. Con una chitarra ed un filino di voce, con te vicino canto e sono felice. Amore, non posso più scordarmi di te. Amore, non posso più scordarmi di te!
5.
Ah ! che bell'aria fresca ch'addora e malvarosa. E tu durmenno staje ncopp'a sti ffronne 'e rosa. 'O sole a poco a poco pe 'stu ciardino sponta; 'o viento passa e vasa 'stu ricciulillo 'nfronta. 'I te vurria vasa'... 'I te vurria vasa'... Ma 'o core nun m' 'o ddice 'e te sceta'. 'I me vurria addurmi' 'I me vurria addurmi' vicino 'o sciato tujo n'ora pur'i'! Sento 'stu core tujo che sbatte comm' 'a ll'onne. Durmenno, angelo mio, chi sa tu a chi te suonne! 'A gelusia turmenta 'stu core mio malato; te suonne a me? Dimmello... O pure suonne a n'ato? 'I te vurria vasa'... 'I te vurria vasa'... Ma 'o core nun m' 'o ddice 'e te sceta'. 'I me vurria addurmi' 'I me vurria addurmi' vicino 'o sciato tujo n'ora pur'i'! English Translation: I Long To Kiss You (Lyrics by Vicenzo Russo, Music by Eduardo Di Capua) A welcome breath of air carries the hollyhocks' scent. I watch you sleeping there, fragrant roses for your bed. The sun has slowly climbed and is warming the garden now; a gentle wind wafts by, kissing the curl on your brow. I long to kiss you... I long to kiss you... But I don't have the heart to wake you. I long to drift asleep I long to drift asleep for an hour, close enough to feel your breath! I can hear your heart as it drums pounding like the waves of the deep. My darling, who walks your dreams while you are sound asleep? My heart is troubled and insecure - I'm sick with jealousy. Do you dream of another? I can't endure the thought you're not dreaming of me. I long to kiss you... I long to kiss you... But I don't have the heart to wake you. I long to drift asleep I long to drift asleep for an hour, close enough to feel your breath! Ah! Que belo ar fresco, que perfume de malva rosa, e tu dormindo estás sobre essas folhas de rosa! O sol, pouco a pouco, dentro o jardim desce, e o vento passa e beija este caracolzinho na fronte! Eu queria beijar-te. Eu queria beijar-te mas o coração não me diz de acordar-te, de acordar-te! Eu queria adormecer. Eu queria adormecer perto do teu respiro, uma hora eu também, uma hora eu também! Eu queria beijar-te. Eu queria beijar-te. Eu queria adormecer. Eu queria adormecer perto do teu respiro, uma hora eu também, uma hora eu também!
6.
Come bella cella luna brille strette strette come tutta bella a passeggiare Sotto il cielo di Roma Down each avenue or via, street or strada You can see 'em disappearing two by two On an evening in Roma Do they take 'em for espresso Yeah, I guess so On each lover's arm a girl I wish I knew On an evning in Roma Though there's grining and mandolining in sunny Italy The beginning has just begun when the sun goes down So please meet me in the plaza near your casa I am only one and that is one too few On an evening in Roma Don't know what the country's coming to But in Rome do as the Romans do Will you on an evening in Roma (Though there's grining and mandolining in sunny Italy The beginning has just begun when the sun goes down) Come bella cella luna brille strette strette come tutta bella a passeggiare Sotto il cielo di Roma Don't know what the country's coming to But in Rome do as the Romans do Will you on an evening in Roma Sotto il cielo di Roma On an evening in Roma
7.
Una rotonda sul mare. Il nostro disco che suona. Vedo gli amici ballare. Ma tu non sei qui con me. Amore mio dimmi se sei triste così come me. Dimmi se chi ci separò è sempre lì accanto a te, se tu sei felice con lui o rimpiangi qualcosa di me. Io ti penso sempre sai, ti penso. Una rotonda sul mare. Il nostro disco che suona. Vedo gli amici ballare. Ma tu non sei qui con me. Amore mio dimmi se sei triste così come me. Dimmi se chi ci separò è sempre lì accanto a te, se tu sei felice con lui o rimpiangi qualcosa di me. Io ti penso sempre sai, ti penso. Una rotonda sul mare. Il nostro disco che suona. Vedo gli amici ballare. Ma tu non sei qui con me. Portoghese Um redondo no mar. O nosso disco que toca. Vejo os amigos dançar. Mas tu não estás aqui comigo. Amor meu dizes-me se és triste assim como eu. Dizes-me se quem nos separou é sempre aí perto de ti, se tu és feliz com ele ou se tens saudade de algo de mim. Eu te penso sempre sabes, te penso. Um redondo no mar. O nosso disco que toca. Vejo os amigos dançar. Mas tu não estás aqui comigo. Amor meu dizes-me se és triste assim como eu. Dizes-me se quem nos separou é sempre aí perto de ti, se tu és feliz com ele ou se tens saudade de algo de mim. Eu te penso sempre sabes, te penso. Um redondo no mar. O nosso disco que toca. Vejo os amigos dançar. Mas tu não estás aqui comigo.
8.
Malafemmena 04:03
Si avisse fatto a n'ato chello ch' hê fatto a me, st'ommo t'avesse acciso e vuó sapé o pecché? Pecché 'ncopp'a 'sta terra, femmene comm'a te, nun ce hann' 'a stá pe' n'ommo onesto comm'a me. Femmena, tu si na malafemmena, a st'uocchie hê fatto chiagnere lacreme 'e 'nfamitá. Femmena, tu si peggio 'e na vipera, mm' hê 'ntussecato ll' ánema, nun pòzzo cchiù campá. Femmena, si doce comm' 'o zzuccaro peró 'sta faccia d'angelo, te serve pe' 'nganná. Femmena, tu si 'a cchiù bella femmena, te voglio bene e t'odio nun te pòzzo scurdá. Te voglio ancora bene, ma tu nun saje pecché, pecché ll' unico ammore si' stata tu pe' me. E tu, pe' nu capriccio tutto hê distrutto, oje né', ma Dio nun t' 'o pperdona chello ch' hê fatto a me. Femmena, tu si na malafemmena, a st'uocchie hê fatto chiagnere, lacreme 'e 'nfamitá. Femmena, tu si peggio 'e na vipera, mm' hê 'ntussecato ll' ánema, nun pòzzo cchiù campá. Femmena, si doce comm' 'o zzuccaro peró 'sta faccia d'angelo, te serve pe' 'nganná. Femmena, tu si 'a cchiù bella femmena, te voglio bene e t'odio nun te pòzzo scurdá. Portoghese Se tiveste feito a outro aquilo que fizeste a mim, este homem teria te matado, e queres saber o porquê? Porque sobre esta terra mulheres como você, não devem existir para um homem honesto como eu. Mulher, tu és uma mulher má, a estes olhos fizestes chorar lágrimas de infâmia. Mulher, tu és pior que uma víbora, me intoxicaste a alma, não posso mais viver. Mulher, és doce como o açúcar porém esta face de anjo te serve pra enganar. Mulher, tu és a mais bela mulher, te quero bem e te odeio, não posso te esquecer. Te quero ainda bem, ma tu não sabes porquê, porque o único amor tu foste para mim. E tu por um capricho tudo destruístes, oh bela, mas Deus não te perdoa aquilo que fizeste a mim. Mulher, tu és uma mulher má, a estes olhos fizestes chorar lágrimas de infâmia. Mulher, tu és pior que uma víbora, me intoxicaste a alma, não posso mais viver. Mulher, és doce como o açúcar porém esta face de anjo te serve pra enganar. Mulher, tu és a mais bela mulher, te quero bem e te odeio, não posso te esquecer.
9.
Al di la' 02:59
Al di là delle cose più belle, al di là delle stelle, ci sei tu, al di là, ci sei tu, per me, per me, soltanto per me. Al di là del mare più profondo, ci sei tu. Al di là dei limiti del mondo, ci sei tu. Al di là della volta infinita, al di là della vita, ci sei tu, al di là, ci sei tu per me. Portoghese Além das coisas mais belas, além das estrelas, estás tu, além, estás tu, para mim, para mim, somente para mim. Além do mar mais profundo, estás tu. Além dos limites do mundo, estás tu. Além do horizonte, além da vida, estás tu, além, estás tu para mim.
10.
E se domani 03:15
E se domani io non potessi rivedere te? Mettiamo il caso che ti sentissi stanco di me? Quello che basta all'altra gente non mi darà Nemmeno l'ombra della perduta felicità E se domani e sottolineo "se" all'improvviso perdessi te Avrei perduto il mondo intero, non solo te..... E se domani e sottolineo "se" all'improvviso perdessi te Avrei perduto il mondo intero non solo te...…
11.
Roma nun fa' la stupida stasera damme na mano a faie di de si scegli tutte le stelle piu' brillarelle che c'hai e un friccico de luna tutta pe noi faje senti' ch'e' quasi primavera manna li mejo grilli pe fa' cri cri prestame er ponentino piu' malandrino che c'hai roma reggeme er moccolo stasera roma nun fa' la stupida stasera damme na mano a famme di' de no spegni tutte le stelle piu' brillarelle che c'hai nasconneme la luna se no so guai famme scorda' ch'e' quasi primavera tiemme na mano in testa pe' di de no smorza quer venticello stuzzicarello che c'hai roma nun fa' la stupida stasera Portoghese Roma não seja estúpida esta noite me dás uma mão para fazer-lhe dizer de sim. Escolhes todas as estrelas mais brilhantes que podes e um pedacinho de lua toda pra nós. Fazes ela sentir que é quase primavera, envias os melhores grilos pra fazer cri cri. Emprestas-me a brisa de poente mais malandra que tens, Roma não fazes a estúpida esta noite. Roma não seja estúpida esta noite me dás uma mão para fazer-lhe dizer de sim. Escolhes todas as estrelas mais brilhantes que podes e um pedacinho de lua toda pra nós. Roma não seja a estúpida esta noite me dás uma mão para fazer-lhe dizer de sim. Escolhes todas as estrelas mais brilhantes que podes e um pedacinho de lua toda pra nós.
12.
Frida 02:35
Frida, t'aggio vuluto bene, ma doppo tantu bbene, te si' scurdata 'e me... Frida, bastava na parola, detta 'a 'sta vocca toja, pe' mme fá cunzulá... Chiagnarraje accussí lacreme amare, pagarraje accussí 'o mmale ca mme faje, tutt''e ppene ca mme daje... tutt''e ppene ca mme daje... Frida, t'aggio vuluto bene, ma doppo tantu bbene... te si' scurdata 'e me... Te si' scurdata 'e me…  Frida, te quis bem,  mas depois de tanto bem  esqueceste de mim.  Frida, bastava uma palavra  desta boca tua  para fazer-me consolar.    Chorarás por mim  lágrimas amargas.  Pagarás assim  o mal que me fazes,  todas as penas que me dás,  todas as penas que me dás.    Frida, te quis bem,  mas depois de tanto bem  esqueceste de mim.    Chorarás por mim  lágrimas amargas.  Pagarás assim  o mal que me fazes,  todas as penas que me dás,  todas as penas que me dás.    Frida, te quis bem,  mas depois de tanto bem  esqueceste de mim.  Esqueceste de mim.!    Frida!

about

buy this album on iTunes by clicking here:
itunes.apple.com/us/album/love-in-portofino-italian/id469305914

Sang by Marco Missinato

for more info click on each individual track title

credits

released September 23, 2011

Produced by Marco Missinato

license

all rights reserved

tags

about

Marco Missinato Los Angeles

“Music is the door, the bridge between us and our soul.
It is like a ray of light which illuminates the darkness of
our fears and disintegrates
all inhibitions. ”

contact / help

Contact Marco Missinato

Streaming and
Download help

Redeem code

Report this album or account